Gota goteja

E pingo pinga.

Ou pingo goteja

E gota pinga?

                                        Tudo igual?

São ambos pequenos volumes,

mas gota é feminina,

pingo é masculino.

Logo, iguais não são. 

Gota é suave,

como seda ou linho.

Pingo é áspero e duro,

como casca de crocodilo.

Gota, em Guajarat, é iguaria

de trigo, feno, água ou leite.

Gota Suave é cosmético –

Para as gurias, grande deleite.

Gota, diz-se também de doença.

Inda bem,

pois “gota” suaviza as dores sentidas.

Se pingo fosse o nome

mais cruel seria a mal-querença.

Pinga, do pingo não é nada,

mas pinga é pinga

porque pinga

no alambique.

Gota e pingo bem que são próximos,

casados não são, pois não precisam.

Talvez bons amigos, quiçá namoridos,

Caso, porem, não desabrido.

Por que tão erudito e profundo pensar?

Digo-o bem rápido, pra não vos cansar. 

A chuva cessara.

Das árvores molhadas

parte d’água vertia.

Barulho de chuva, mas chuva não havia.

E ali na uvária,

em um galho mais baixo,

uma gota pendia

da folha pequena.

imagem gota

Pendia a gota e não caia.

Só podia ser gota,

delicada, pequena, indecisa,

n’outras palavras, feminina. 

Potência de gota: ser mar, ser onda,

ser rio caudaloso ou lago tranqüilo.

Mas, aqui, se cair,

Esboroa-se no duro cimento:

Perde formato, beleza e formosura.

Será piso molhado por poucos momentos.

Lembra-se dos proféticos versinhos:

            Até nas rosas se nota

            a diferença de sorte:

            umas enfeitam a vida,

            outras enfeitam a morte. 

Deixa pra lá, não te deprimas,

o carrossel da vida volta a girar.

Amanhã nasce o sol e vem te buscar,

te veste de névoa, te leva pro céu.

Vagueias no espaço

até te cansar.

Te enamoras de um nimbo

e estas pronta a voltar.

Aí, quem sabe,

oceano, Amazonas, Titicaca . . .

300px-Lago_Titicaca_001 

Uma lágrima da gota

torna de seu peso o módulo

igual ou maior

que o módulo da força de tensão superficial

da folha translúcida.

E a gota se solta no ar. . .

Anúncios