Mais Natal no GCEC:

“Por que será que nesta época todos os “cristãos” se lembram do nascimento de Cristo, de falar de amor, de cantar hinos e de fazer festa?

Por que será que a nossa sociedade, que se diz cristã, comemora o Natal, troca presentes, mas continua a pensar mais em si do que nos outros, mais no seu bem estar do que no sofrimento de nossos irmãos menos favorecidos?

Somos comodistas, embora não queiramos admitir. Pregamos, muitas vezes, mais o Evangelho de palavras do que de ações, mais do Domingo do que da Segunda-Feira.

Fazemos, às vezes, alguma coisa para enganar nossa consciência, mas não somos cristãos no dia a dia, no nosso relacionamento com os nossos empregados, na reclamação com o zelador do nosso prédio, no protesto contra as injustiças e discriminações sociais, na atenção que poderíamos dar à nossa empregada doméstica ou ao futuro trombadinha que nos pede um trocado na rua.

Muitas vezes até nos preocupamos em procurar alguma coisa para fazer, mas não “enxergamos”, enquanto elas estão aí mesmo na nossa frente. Vamos comemorar o Natal. Vamos cantar nossos hinos de louvor. Vamos dar os presentes e comer nossas ceias. Jesus merece toda nossa alegria, mas muito mais do que isso. “Glória a Deus nas maiores alturas e paz na terra entre os homens de boa vontade – Isto só será realmente uma gostosa realidade quando o nascimento de Cristo se transformar, de apenas uma comemoração especial de fim de ano, em um fato na vida de cada cristão, traduzindo-se  em amor a Deus e ao próximo durante o ano inteiro.

E se você, meu irmão, já conseguiu se preocupar com essa realidade e está tentando realmente fazer alguma coisa, então poderemos comemorar o Natal mais gostosamente.”

Feliz Natal!

( COMPROMISSO COM O SONHO, GCEC uma comunidade cristã alternativa, pg.s 173/174, texto do Elcio para o boletim nº 70.)

Anúncios