ISamuel 8:

5 Eles disseram: —Olhe! Você já está ficando velho, e os seus filhos não seguem o seu exemplo. Por isso, queremos que nos arranje um rei para nos governar, como acontece em outros países.

6 Samuel não gostou do pedido deles. Então orou a Deus, o SENHOR,

7 e ele respondeu assim: —Atenda o pedido do povo. Não é só você que eles rejeitaram; eles rejeitaram a mim como Rei.

8 Desde que eu os trouxe do Egito, eles sempre me têm abandonado e têm adorado outros deuses. Agora estão fazendo com você o que sempre fizeram comigo.

9 Portanto, atenda o pedido deles. Mas avise essa gente, explicando com toda a clareza como o rei vai tratá-los.

10 Então Samuel explicou ao povo tudo o que o SENHOR lhe tinha dito.

11 Ele disse: — O rei os tratará assim: tomará os filhos de vocês para serem soldados; porá alguns para servirem nos seus carros de guerra, outros na cavalaria e outros para correrem adiante dos carros.

12 Colocará alguns deles como oficiais encarregados de mil soldados, e outros encarregados de cinqüenta. Os seus filhos terão de cultivar as terras dele, fazer as suas colheitas e fabricar as suas armas e equipamentos para os seus carros de guerra.

13 As filhas de vocês terão de preparar os perfumes do rei e trabalhar como suas cozinheiras e padeiras.

14 Ele tomará de vocês os melhores campos, plantações de uvas, bosques de oliveiras e dará tudo aos seus funcionários.

15 Ficará com a décima parte dos cereais e das uvas, para dar aos funcionários da corte e aos outros funcionários.

16 Tomará também os empregados de vocês, o melhor gado e os melhores jumentos, para trabalharem para ele.

17 E ficará com a décima parte dos rebanhos de vocês. E vocês serão seus escravos.

18 Quando isso acontecer, vocês chorarão amargamente por causa do rei que escolheram, porém o SENHOR Deus não ouvirá as suas queixas.

19 Mas o povo não se importou com o aviso de Samuel. Pelo contrário, eles disseram: —Não adianta. Nós queremos um rei.

20 Queremos ser como as outras nações: queremos ter um rei para nos governar, para nos dirigir na guerra e lutar em nossas batalhas.

21 Samuel ouviu o que eles disseram e então foi e contou tudo a Deus, o SENHOR.

22 Ele respondeu: — Faça o que eles querem. Dê a eles um rei. Aí Samuel pediu a todos os homens de Israel que voltassem para casa.

Eu diria como Eclesiastes: Não há nada de novo debaixo do sol!

Primeiro, é bom deixar claro que não pretendo, de forma alguma, comparar o governo FHC e do candidato do PSDB – SERRA -, como ‘governo de Deus’. Não, é governo de homem mesmo. Aquele teve como maior mérito, na área econômica, a implantação do Plano Real, que colocou a inflação do País sob controle – e o fez sob a pressão de uma economia internacional em ebulição. E, embora pudesse ter feito algo até um pouquinho melhor (isto é sempre possível), fê-lo tão bem que o seu sucessor manteve em pleno vigor as diretrizes básicas de sua política – graças a que, em um momento mais favorável, conseguiu bons resultados e enfrentou com galhardia a crise de 2008 e propiciou a adoção de medidas que estão, de fato, beneficiando o brasileiro.  SERRA, por sua vez, também não tem nada para ser comparado ao mensageiro de Deus – Samuel. É um homem com curriculum conhecido: nasceu de família humilde, lutou para manter seus estudos, fez oposição à ditadura militar, foi exilado (trabalhou e estudou), ocupou com proficiência inúmeros cargos públicos, inúmeros deles obtidos por sufrágio popular. NÃO ESCONDE NADA DO QUE FOI E DO QUE FEZ.

As condições também são outras. Só para ilustrar: “17 E ficará com a décima parte dos rebanhos de vocês” – Hoje trabalhamos 5 meses para pagar impostos ao governo: 5/12 = 41,66666666667%.

Mas há duas lições que desejo destacar do texto bíblico: 1) Deus realmente concede o que o povo quer; 2) O que resta ao homem de Deus é tão somente alertar o ‘povo’ sobre a besteira que está fazendo.

O povo, há! O povo. É romântico, bonito, atender aos desejos do povo! Mas não me alongarei neste tema. Por favor, leiam o pensamento de Rubem Alves, com o qual concordo plenamente: https://stropatus.wordpress.com/2010/09/08/ganhei-coragem/

Tendo em conta que nos aproximamos do dia das eleições e a candidata tirada da algibeira do Lula está contando com uma folgada vantagem, apesar dos inúmeros escândalos que vêm à tona, não me contenho – embora, fique claro, não tenho nenhuma procuração de Deus para fazê-lo -, mas apenas como cidadão, como pai de 4 filhos e 3 netos, sendo o  segundo filho de uma família com 9 irmãos(ãs) vivos e respectivas descendência, não me contenho de fazer algumas considerações sobre o que pode acontecer.

O TSE veicula uma publicidade incentivando os eleitores a fazerem uma avaliação do curriculum de seus candidatos. Consideremos a senhora Dilma. Para que não digam que estou sendo radical, indico-lhes a sua biografia no UOL Educação. Indago: em suas entrevistas, debates… vocês a ouviram falar o que fez de 1963 a 1969? Não! Por que será? Participou ativamente de grupos armados assaltando Bancos, assassinando pessoas, seqüestrando pessoas etc. Lutava pela democracia (como se isto pudesse justificar seus atos)? Não. Queria um outro tipo de ditadura, como o da China, da República Soviética, de Cuba.

Na vida privada assumia um comportamento bem distinto do que se esperava de uma mulher com os valores morais mínimos de nossa sociedade – um de seus biógrafos conta uma coisa assim:

“ No Rio, ainda casada, apaixonou-se por Carlos Franklin Paixão de Araújo, o chefe da dissidência do Partidão; então, chegou de carro, de chofer, e disse para o marido: “Estou com o Carlos!”.”

Isto é que é ser decidida, corajosa!

Repito um ditado muito antigo: “Diga-me com quem andas e te direi quem és.” Sabem quem são os amigos da sra. Roussef (além do Lula ‘não sei de nada’, naturalmente)? Palocci – aquele que violou a conta bancária de um moço que trabalhava como caseiro; José Dirceu – a quem ela substituiu na Casa Civil por ter se deixado flagrar distribuindo o ‘mensalão’ para compra de deputados. Chega, só dois para ilustrar. No âmbito internacional: Fidel Alejandro Castro Ruz, que governa Cuba, democraticamente é óbvio, desde 1959; Hugo Rafael Chávez Frías, “Presidente” eleito da Venezuela desde 1998 e que, segundo a Wilkipedia: ” centralizou o poder e controla a Assembleia Nacional, o Tribunal Supremo de Justiça, o Banco Central da Venezuela e a indústria petrolífera”. Este, descaradamente, já fez discursos apoiando a candidatura de Dilma.

Isto posto, quem direis que é a candidata Dilma Roussef? Democrata? Intransigente defensora dos direitos individuais? respeitadora das leis?

Uma faceta se destaca de seu caráter: É MENTIROSA! Alguns episódios de sua vida, nos últimos anos, mostram isto. Deem uma olhada nisto:

http://blogdehoje.wordpress.com/2009/07/08/dilma-rousseff-mentiu-ao-dizer-que-tem-mestrado-e-doutorado/

Ao assumir a Casa Civil, a sra. Dilma declarou ter mestrado e doutorado. Mentira! Depois se justificou dizendo que ‘se esforçou muito’ para obter aqueles títulos e SÓ faltou a defesa da tese final. Coitadinha! SÓ esqueceu deste pequeno detalhe em sua biografia. Será que é pouca coisa MENTIR em curriculum? Então porque está na Câmara de Deputados, para ser votado,  um projeto CRIMINALISANDO informações falsas em curriculum, com penas que variam de 2 meses a  2 anos? Hoje (21/09/2010) ouvi a Ana Maria Braga fazendo uma chamada para o seu programa:”Sabe qual o maior pecado, de efeito fatal, para quem procura emprego? MENTIR no curriculum.”

Pergunto: o Lula não vai pedir a prisão da Dilma?

O Estadão de 2 de fevereiro de 2010 publicou o artigo “O dever de falar a verdade”, assinado por Paulo Renato de Souza, ex-ministro da Educação, deputado federal e secretário de Educação do Estado de São Paulo, do qual destaco:

“Falar a verdade, não falsear informações não é uma qualidade. É obrigação. Vale para a nossa vida pessoal e mais ainda para a vida pública. Mentir não pode ser considerado uma simples esperteza, um pequeno truque, uma “tática” para ganhar uma discussão. Ou uma eleição.

Recentemente, usando um ato administrativo como palanque eleitoral, a candidata a presidente Dilma Rousseff afirmou que os tucanos não dão importância ao ensino técnico profissionalizante. Em contraste, citou as intenções do atual governo de criar novas escolas técnicas. Omitiu e falseou dados. Mentiu.”

O artigo destaca números interessantes sobre a educação, mas a minha intenção aqui não é fazer propaganda política do SERRA. Somente mostrar um aspecto da caráter da sra. Dilma. Mas vale a pena ler o que escreveu o ex-ministro da Educação:

http://www.paulorenatosouza.com.br/artigonoticia.asp?id=59

E os acontecimentos das últimas semanas envolvendo a Casa Civil da Presidência da República? No início a sra. Dilma disse tratar-se de ‘factóides’ levantados por adversários. A coisa foi-se complicando e ampliando e 4 funcionários ligados àquela pasta foram demitidos (para tentar abafar o escândalo!). “Eu não sabia de nada” – já se defendeu a ex-ministra, repetindo o professor (dela) Lula. Se não é capaz de fiscalizar as ações de uma só funcionária, sua amiga do peito, como será capaz de comandar um colegiado de ministros escolhidos, como tem feito o PT, por indicações políticas as mais espúrias?

Em entrevista na Globo (http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/entrevista-de-dilma-ao-bom-dia-brasil), a sra. Dilma, na primeira parte, tentou justificar como cumpriria suas mirabolantes promessas de campanha – não as irá cumprir;  no segundo bloco se referiu à quebra de sigilo fiscal de pessoas ligadas ao PSDB. Disse que à época em que aquilo aconteceu não era ainda ‘candidata’. Quanta cretinice! Há muito tempo é ela a candidata do PT, tanto assim que se criou os PACs para que ela acompanhasse o barbudo nas ‘inaugurações’ ou ‘pré-lançamentos’, eventos financiados com nosso dinheiro. A candidatura dela, à época da quebra dos sigilos fiscais, já estava, sim, em pleno andamento. Na mesma entrevista disse que já se encontrou o co-responsável pela ilegalidade – quer nos fazer de idiotas: foi encontrada a funcionária que obteve os dados, ou melhor, quem obtivera os dados já se poderia saber no momento da denúncia, mas só agora foi divulgado (a embromação foi grande). Mas o que interessa saber mesmo é quem foi o mandante, isto é, quem encomendou o serviço. Depois das eleições saberemos (será?). Quem sabe a “Receita Federal” será a culpada? (Lembrem-se: no caso do caseiro Francenildo Santos Costa, a Caixa Econômica Federal foi a culpada (não havia pessoas envolvidas, nem o Sr. Palocci).

Sendo fato público a forma como o PT, através do Sr. Lula, tem colocado seus asseclas nos postos chaves de todas as instituições ligadas ao governo federal e vindo ao conhecimento da nação o que foi batizado como “mensalão” – a partir deste momento bateu em meu íntimo que se adotava no Brasil os mesmos métodos utilizados no nazismo para a tomada total do controle do País (Hitler também foi eleito pelo povo e gozava de aprovação elevadíssima). A descarada aproximação do governo atual com Fidel Castro, Hugo Chavez, Evo Morales, Ahmadinejad . . . não deixa dúvidas sobre a intenção petista – implantar o comunismo no Brasil (e na América Latina), tão bom como o de Cuba, Venezuela, Bolívia, Irã – quem sabe, como a China (a Rússia está fora de moda). Nestas regiões é muito mais fácil governar – um só partido no poder garante a governabilidade (por esta razão é lícito eliminar os ‘inimigos’); a população está sempre feliz – só ouve e vê notícias boas, sob a supervisão do Partido; as dificuldades diárias de falta disso, falta daquilo e tudo o mais, são culpa dos inimigos externos (Estados Unidos, Europa etc.), dos capitalistas, dos governos anteriores – não importa de quantos anos atrás. Mas a Copa do Mundo será aqui! (o circo está montado!).

Para que pensem a respeito, indico abaixo alguns endereços onde encontrarão informações sobre o maravilhoso padrão de vida nos países governados pelos amigos do Lula e Dilma (não se desesperem, chegaremos lá!!!):

China:

http://www.exactaexpress.com.br/desprezoavida.htm

http://noticias.bol.uol.com.br/internacional/2010/05/30/operarios-suicidas-deixam-fabrica-de-eletronicos-em-situacao-desconfortavel-na-china.jhtm

Venezuela:

http://oglobo.globo.com/economia/miriam/posts/2010/01/12/racionar-energia-complica-mais-vida-na-venezuela-256907.asp

Cuba:

http://www.cleofas.com.br/virtual/texto.php?doc=OPINIAO&id=opi0156

http://oglobo.globo.com/pais/noblat/mariahelena/posts/2010/02/28/a-vida-em-cuba-270251.asp

Então, a exemplo do que fez Samuel, deixo aqui O MEU GRITO DE ALERTA!.

Não se queixem depois.