Ofereço a vocês mais um texto de Michael Laitman que tive o atrevimento de traduzir. Desculpem, mas não sei a data em foi divulgado o original;estava já há algum tempo comigo, mas só agora encontrei coragem de empreender a tarefa. Estou certo de que irão apreciar.

Hoje, em vista do terremoto que abalou o Japão, vemos como a natureza ameaça nossa existência. Afinal, nós estamos, de fato, vivendo no topo de um gigantesco vulcão que está fervendo nas profundezas da terra, enquanto nós existimos em uma fina camada da crosta terrestre.

Das camadas profundas da terra nós obtemos óleo, água e minerais, e utilizamos plantas e animais que existem em sua superfície para nos alimentarmos, e respiramos o ar de sua atmosfera. Somos inteiramente dependentes do que acontece na superfície terrestre.

Mais ainda, somos influenciados por muitos outros fatores: campos magnéticos, a força de atração, todo tipo de radiação, a velocidade da rotação da terra, e assim por diante. Mas não imaginamos que a menor mudança em qualquer um destes parâmetros pode mudar fundamentalmente as nossas vidas.

Todos os cataclismos naturais são causados pelo desequilíbrio de forças, que acontecem como resultado de ações incorretas. O Universo inteiro é um sistema singular que inclui o inanimado, vegetativo, e o nível animado da natureza, incluindo o homem. A maior parte do Universo  compreende o nível inanimado da natureza. Isto no Universo inteiro, incluindo a Terra. As plantas cobrem apenas sua superfície; o reino animado compreende apenas uma pequena parte e, comparando tudo isto, apenas uma ínfima fração pertence ao homem.

Entretanto, na dimensão espiritual o que se toma em conta não é quantidade ou massa, mas a qualidade da força.  Desta forma, o homem, que está, sob o aspecto qualitativo, em um nível mais elevado de desenvolvimento, pode mudar o Universo com apenas um pensamento. Baal  HaSulam escreveu que toda a natureza inanimada é igual a uma única planta, todas as plantas são iguais a um único animal e todos os animais são iguais, ou equivalem, a uma pessoa.  Em outras palavras, se uma pessoa realiza uma pequena mudança para o bem ou para o mal, esta mudança altera todo o reino animal; o mundo vegetal sofre mudanças ainda maiores, sem mencionar o que acontece com a natureza inanimada. Isto é porque tudo isto é um único sistema.

Assim, devemos transformar-nos a nós mesmos e obter o equilíbrio uns com os outros. Somente assim todas as forças da natureza que estão abaixo do nível humano – todo mundo animal e vegetal e toda a natureza inanimada – também alcançarão o equilíbrio.

– Como podemos convencer alguém que o Mundo é controlado por nossos pensamentos?

É impossível conseguir isto através de palavras. Temos de trazer para o mundo a sensação íntima de que o pensamento é a mais poderosa força em todo o Universo. Mas temos que provar a mesma coisa para nós mesmos. Se compreendo que meus pensamentos influenciam todo o Mundo, poderia permitir que ele “fosse com o fluxo” livre e sem controle? Não, em cada momento verificaria sobre o que penso, para onde estou direcionando meus pensamentos e o que estou influenciando. Eu irei constantemente controlar a mim mesmo.

Nós não podemos simplesmente explicar isto para nós mesmos ou para o mundo. Não podemos medir o poder dos pensamentos, e especialmente o grau de sua influencia em eventos específicos. Nós nunca poderemos dar provas da existência da conexão.  Então, como traremos o mundo ao equilíbrio?

Há somente uma solução. Nós, todos os que entendem isto e estudam a Kabbalah, devemos atrair a Luz Superior para nós mesmos e isto dará às pessoas a consciência ‘íntima ‘ (de dentro delas) do fato que tudo na natureza está interconectado e precisamente os nossos desejos (os corações) e pensamentos (mentes) determinam o estado do mundo.

Precisamente a LUZ CINCUNDANTE, que intangivelmente influencia a todos, suscitará o entendimento interior nas pessoas de que seus pensamentos e intenções influenciam o estado da natureza, onde o inanimado, o vegetativo e o nível animado, incluindo o homem com suas intenções, estão unidos em um único sistema.

 

Anúncios