E aí? Estão gostando das mensagens de Yehuda Berg? Então, lá vai um pequeno exercício.

 

Fazer a si mesmo as seguintes perguntas pode ajudá-lo a descobrir seu tikun

  1. Onde meu tikun aparece?

                Quais são meus traços negativos? Onde preciso fazer minha correção? Sou preguiçoso? Costumo procrastinar, empurrar para o futuro o que posso fazer hoje? O que me faz ficar aborrecido? Tenho gênio difícil? Tenho dificuldade de me comunicar? Quando fico estressado, fico impaciente? Sou julgador, crítico?

 

  1. O que é que me incomoda nos outros?

O que é que aperta meus “botões de reatividade”? É quando as pessoas me decepcionam e desapontam? É quando as pessoas são rudes, desagradáveis e sem consideração? É quando não me dão valor? É quando meus amigos ou parentes gritam ou discutem?

Aprenda a identificar seus “botões de reatividade”. Essas são características que você não gosta nos outros e que precisa corrigir em si mesmo.

 

  1. Como estou empacado em minha realidade do 1 por cento, em meus cinco sentidos, em meu intelecto e em meu ego?

Como posso identificar os pontos em que estou empacado? Há padrões em minha vida ou será que tenho certos hábitos que me impedem de vivenciar alegria e plenitude? Fique atento ao tentar descobrir esses padrões e hábitos. Pergunte a seus amigos. Acompanhe o progresso de suas descobertas escrevendo-as em um caderno de anotações.

Uma das coisas que podemos fazer quando não temos certeza do que viemos consertar neste mundo é perguntar. Pergunte a um amigo ou parceiro, alguém em quem você confie: “Você vê um padrão em que eu repetidamente tenha tendência de prejudicar a mim mesmo?”

Neste trabalho, entretanto, precisamos estar dispostos a procurar aquilo que não conseguimos enxergar facilmente – os aspectos ocultos de nosso ego no nível da semente, os quais viemos a este mundo para corrigir.

Depois de ter descoberto a importância de desvelar o trabalho que viemos fazer aqui, chega a hora de mostrarmos mais uma arma do arsenal do Adversário.

O PODER DA KABBALAH – BERG, Yehuda – Kabbalah Center do Brasil, Kabbalah Publishing, Parte seis – A CORREÇÃO, A ESCRAVIDÃO E O MILAGROSO PODER DA CERTEZA, pg.s 172 – 173.