Do Blog pessoal do Dr. Michael Laitman – http://laitman.com.br/ – recebi este artigo de fundamental importância, postado em 29/8/2012:

Quando uma pessoa olha para sua história, nas várias décadas em que viveu, ela vê como o Criador a levou a seu estado atual, aproximando-a gradualmente Dele, colocando-a em muitos estados que pareciam desnecessários, ridículos, e situações totalmente sem sentido, períodos da vida que pareciam totalmente desnecessários.

Na verdade, quando uma pessoa aceita tudo, até mesmo que não entenda ainda porque teve que passar por tudo isso, a gratidão pelo fato de que o Criador lhe trouxe ao seu estado atual por este caminho, e pelo o fato de que está começando a revelar o Criador agora, em sua gratidão por justificar o passado, ela chega à intenção correta, ao estado correto no presente.

O “artigo 26″ do Shamati, “Seu Futuro Depende De Sua Gratidão Pelo Passado”, também fala sobre como é impossível se relacionar corretamente com o futuro se você não justifica seus estados passados ​​ao aceitar totalmente o fato de que tudo isso vem do “Não há ninguém além Dele”. Se isso acontecer, é sinal de que tudo tinha que acontecer do jeito que aconteceu até o presente, e a pessoa não deve se arrepender de nada que aconteceu de uma forma ou de outra.

Só a partir do estado atual, quando todas as contas anteriores terminaram, é que a pessoa pode ser grata antecipadamente pelo futuro e estar num estado de doação livre, movimento livre em direção ao Criador, quando não há nada de negativo em suas relações passadas. Pela correção da atitude da pessoa em relação ao passado, ela se prepara para o futuro.

O Criador nos coloca intencionalmente em todo tipo de voltas, reviravoltas e metamorfoses, e mantém uma memória negativa desses eventos em nós. Nós, na verdade, não lembramos dos momentos positivos; nós só lembramos os negativos porque o ego se lembra dos momentos em que não recebeu, onde foi enganado, onde poderia ter vencido, mas perdeu, etc. Se eu justifiquei a Providência do Criador no passado, isto não conta como no passado, mas em vez disso é transferido para o futuro. Assim, eu construo um vaso, a atitude correta para o futuro, e por isso estou pronto para seguir em frente.

Por isso, é impossível iniciar a partir do momento atual simplesmente eliminando o passado. Isto nos foi dado para que agora, neste momento, sejamos capazes de olhar para o futuro corretamente e nos relacionar corretamente com o Criador.

Se eu estou totalmente reconciliado e aceito com gratidão tudo o que senti como negativo em relação a mim mesmo, o mundo, meus parentes, e as pessoas mais distantes, ao Criador e tudo o que Ele fez para mim, se entendo que por isso fui pelo meu caminho, e agora, graças à subida acima dele, apesar do meu ego e da minha crítica egoísta, eu posso transformar todos os meus sentimentos anteriores em gratidão, em adesão ao Criador. Não é que eu simplesmente O perdoo, mas sim entendo, percebo e sinto que agora me foi dada a chance de iniciar uma conexão com Ele. Portanto, eu estou pronto para revelá-Lo.

Portanto, o futuro de uma pessoa depende e está ligado a sua gratidão pelo passado. Se corrigirmos a nossa atitude em relação ao passado, de críticas para gratidão, de tristeza e decepção para alegria, criaremos o vaso correto para a revelação do Criador.