Estou repetindo abaixo as minhas razões para a esta série “Silêncio” (De Silêncio I, postado em 27/09/12), para que os que agora encontrem este Blog entendam que não há, nesta série, qualquer intenção ou critério de classificação de assuntos, mas os textos que aqui entram só precisam mencionar a palavra “silêncio”:

Duas semanas atrás, uma pessoa querida colocou em uma rede social uma foto, bonita, de uma jovem exuberante ladeada de alguns dizeres de quem sofre de “amores” e enfatizando o silêncio como forma de expressar seu sofrimento e, creio eu, como meio de se fazer notada. Como a idade já me colocou distante deste tipo de infortúnio, tentei fazer um comentário jocoso. Não caiu bem. Esqueci-me de que quando se está na fase das paixões, estes fatos que agora julgamos pequenos, realmente machucam.

Calou-me n’alma (gostaram?) esta mágoa involuntária que causei e levou-me a uma pesquisa na Internet, em alguns livros, nas mensagens arquivadas no computador, de textos que mencionassem a palavra “silêncio”. Que absurdo – quanta coisa!

Selecionei alguma coisinha que, aos poucos, espero compartilhar com vocês.

 

Hoje compartilho alguns pensamentos.

 

O silêncio e o amor

As mais lindas palavras de amor são ditas no silêncio de um olhar.

Leonardo da Vinci

 

O Silêncio e a Intuição

Penso noventa e nove vezes e nada descubro; deixo de pensar, mergulho em profundo silêncio – e eis que a verdade se me revela.

Albert Einstein

O Silêncio omisso

O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons.

Martin Luther King

 

O Silêncio Amigo

O silêncio é um amigo que nunca trai.

Confúcio

 

O Silêncio Amigo

Há momentos infelizes em que a solidão e o silêncio se tornam meios de liberdade.

Paul Valéry

 

O Silêncio e a Alegria

Não há arauto mais perfeito da alegria do que o silêncio. Eu sentir-me-ia muito pouco feliz se me fosse possível dizer a que ponto o sou.

William Shakespeare

 

O Silêncio e o Inexprimível

Depois do silêncio, o que mais se aproxima de expressar o inexprimível é a música.

Aldous Huxley

 

O Silêncio e o desprezo

O silêncio é a mais perfeita expressão do desprezo.

George Bernard Shaw

 

O Silêncio omisso

Pecar pelo silêncio, quando se deveria protestar, transforma homens em covardes.

Abraham Lincoln

 

TENHAM UMA ÓTIMA SEMANA, NA PAZ DO DIVINO.