Por aqui, hoje, amanheceu chovendo. Chuva calma, como se os céus derramassem, sob peneira fina, suas gotas de bênçãos sobre a terra (viu só – fiquei inspirado).

Folhei, mais uma vez, um livrinho que traz na capa a foto de uma linda mulher – minha querida prima Siléa Stopatto. E deu-me o repente (você prefere “insight”?) de colocá-lo inteirinho no meu blog. Se ela não gostar, é só gritar.

E começo de forma “nunca antes vista”: coloco aqui o prólogo – não o prefácio, que blogueio depois, pois também é lindo e foi escrito pela outra priminha. Lá vai:

Dream-Life

                                                           www.professoresdosucesso.com.br

A vida é um aprendizado constante.

Os pais ensinam desde o primeiro choro, ou mesmo antes.

Os irmãos ensinam em cada divergência ou concordância, estando perto ou longe.

Os parentes que vão chegando ensinam quando se fazem presentes, em qualquer momento de alegria ou tristeza.

Os AMIGOS – esses ensinam sem precisar nada fazer – são simplesmente AMIGOS.

Todos têm um ponto em comum: eles ensinam que é preciso amar para aprender a viver.

E o AMOR não tem limites. Por isso estou sempre

APRENDENDO A VIVER.

APRENDENDO A VIVER, STOPATTO, Siléa, Rio de Janeiro, RJ: Eclesiarte Bureau de Edição Ltda, 2013.